Instabilidade de docentes no 1º ciclo piora aprendizagens iniciais

Qual era o principal incentivo, para além do gosto de trabalhar com alunos desta faixa etária,  para um professor que construía a sua carreira sempre no 1º ciclo? Esse incentivo acabou! Um professor a meio da carreira pensa naturalmente em transitar para o ciclo  seguinte, onde pode usufruir das reduções horárias letivas, de acordo com a sua idade. 

A monodocência voltou a estar na moda, manca no 3º e 4º anos, mas com a determinação de obrigar os professores maiores de 60 anos, a cumprirem as 25 horas letivas, se não pretenderem terminar a sua carreira a fazer substituições, e a rodar pelas turmas em apoio pedagógico.

O 1º ciclo tem servido para tudo:

Absorver os professores com horário zero, que veem de outros ciclos, sem a necessária experiência, que estão necessariamente de passagem.

Para aumentar  o número de alunos por turma, agora 26.

Diminuir o número de horas das AEC através de uma ilegalidade, que não contabiliza as horas do intervalo como  letivas, quando quase sempre o professor fica na sala a acompanhar os alunos mais lentos. 

… 

Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s