“Idades” de Paulo Guinote

[…] “E agora, sem o estatuto de senadores que foi monopolizado pelos anarquistas e farroupilhas de outrora, aquel@s que eram contra os privilégios e as castas,  ainda temos de aturar a ascensão arrogante da geração dos que nunca assumem a responsabilidade por nada, a não ser o direito a tudo.”[...]

Comentário – Nem todos os jovens são pouco responsáveis. Conheço de tudo em todas as gerações. Concordo em geral com o texto.

Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s