Opinião – Luís Fonseca

                               20 grandes Pontos Essenciais intocáveis para os Professores do 1º Ciclo:
1º-Reunião com todos os Sindicatos de Professores e realização de Ultimatum aos mesmos sobre as políticas para a Escola Publica do Ensino Básico.
2º-Reunião com todos os Partidos para apresentação da Associação  e de explicação da Real Situação da Escola do Ensino Básico em Portugal e Ultimatum.
3º-Convite para todos os professores e educadores sindicalizados abandonarem imediatamente todos os Sindicatos, se estes não nos aceitarem defender de forma autónoma…forte e rápida junto de todas as instâncias.
4º-Possível criação de novo Sindicato só….e só mesmo para Professores do 1º Ciclo e Educadores.Mais ninguém!!!
5º-Revogação Imediata do E:C:D..e das medidas alteradas desde Roberto Carneiro até hoje..sobretudo do tempo de Sócrates e do maldito do anterior Governo.
6º-Reposição das 35 horas …não na carga Não lectiva …mas sim na carga letiva ….ou seja no regresso à anterior situação antes do Governo PSD/CDS….
7º-Contagem integral dos Intervalos/Recreios como efetivo tempo de serviço.
8º-Fim imediato de todas as AEC…quer durante os horários letivos…quer mesmo na Escola Pública….pois escola nunca foi…não é ..nem nunca será Depósíto de Crianças!!!!!
9º-Revogação da atual Tabela remuneratória e correção escalão a escalão de acordo com, o Tempo de Serviço que cada professor tem, desde o início da profissão, até hoje, com a correção de todas as injustiças….
10º-Justiça para todos os ainda milhares de professores com o Bacharelato…que têm sido roubados e humilhados…os quais …por muitas circunstâncias nunca puderam fazer a sua licenciatura …havendo professores com o bacharelato a ganharem menos 700 euros líquidos que alguns seus colegas com o mesmo tempo de serviço…ou ganhando quase o mesmo que colegas com metade do tempo de serviço.
11º-Reposição da ADSE para pelo menos 2%…não podendo esta servir par subsidiar quer Orçamentos Gerais do Estado ou os orçamentos da Saúde das regiões autónomas.
12º-Caso não sejam escutadas estas reindivicações sobre a ADSE,os professores devem caminhar o mais rápido possível para uma Mutualização, alternativa com Seguradoras e clínicas no sentido de criar uma ADSE alternativa …..mas muito menos cara aos bolsos dos professores que não pagam já um Seguro de Saúde…mas sim mais um enorme Imposto.
13º-Luta por horários dignos…justos e universais para todo o país das 9.00 as 12.00 e das 13.30 as 15.30…para que haja justiça…para que os professores possam relaxar e para que os alunos possam brincar….
14º-Esta associação tal como outras devem se preparar para num futuro próximo relatar à União Europeia…UNICEF e todas as entidades Internacionais os abusos que são cometidos em Portugal contra a Saúde das Crianças dos 3 anos até aos 11, as quais passam por dia mais de 10 horas longe das suas famílias …não podendo brincar…e ter tempo para descansar…enfim ser crianças.
15º-Reposição automática para todos os professores e educadores em 1 escalão pois a maioria não progride na Carreira Docente há pelo menos já 6 anos….para lá de não terem qualquer aumento salarial desde 2009.
16º-Exigência que seja removida imediatamente o Artigo 79º do Estatuto da Carreira Docente o qual foi um presente envenenado de José Sócrates para justificar o fim da Reforma aos 32 anos de serviço….passando a maioria dos colegas dos 53 anos para os já quase 68 anos para se reformarem…
17º-Não permitir que se acabe com a Monodocência….dos professores do 1º ciclo …pois a faixa etária vai dos 5 anos aos 11…e muitas das crianças veem na professora/educadora…um familiar…uma mãe…uma avó….para lá de se se acabasse com a mesma…a mesma seria e será impraticável a nível económico para o estado.
18º-Exigência que o Governo volte com programas de rescisões amigáveis, com os professores que assim o queiram desde que haja o mínimo de dignidade, para os professores que queiram partir da profissão.
19º-Rejuvenescimento da Classe Docente…envelhecida, doente..saturada….por mais de 30 anos de trabalho e que não é reconhecido e valorizado no final da mesma.Ao menos deem dignidade aos professores na hora de partirem…
20º e Principal-Todos os dados apontam para que os professores do 1º ciclo trabalham numa carreira de 34 anos de serviço …mais 9 anos limpos que os seus colegas: 2º ciclo…3º ciclo….Secundário…Universitários..e sobretudo do Ensino Especial e Bibliotecários…Por isso …é a principal exigência…que os Professores do 1º ciclo e educadores(e só estes)…devem poder partir para a reforma aos 32 anos de serviço e ou 55 anos de idade….sem penalizações…e podendo os mesmos partir antecipadamente aos 30 anos de serviço…sem limite de idade…com penalização de 3% ao ano….Esta deve ser a principal reivindicação dos professores.. devemos relembrar que trabalhamos 30 anos seguidos de 2ª a 6ª feira…das 9.00 até as 16.00…e agora até 17,30….havendo muitos professores que saem de suas casas as 7.30 da manhã e entram as 20.00 horas….Nós não temos semana inglesa como os cerca de 90% dos outros colegas de outros ciclos que muitas vezes a 5ª ao meio dia já estão de fim de semana e ou muitos deles saem á 6ª ao meio dia e regressam á 3ª feira….JUSTIÇA! JUSTIÇA!….JUSTIÇA!
Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

11 respostas a Opinião – Luís Fonseca

  1. Pedro Santos diz:

    Pelo que percebi, o Luís quer um novo sindicato? Então falemos disso em vez de começarmos uma associação. Se começamos uma associação com intuito de seguir para um sindicato, não será a melhor maneira de iniciar percurso, porque de imediato se assume ser a associação um subterfúgio e não um fim em si mesmo.

    Liked by 1 person

  2. Armando Morais diz:

    A ideia inicial foi excelente. Espero que não as desvirtuem

    Gostar

    • Nunca aqui haverá politica…e seja quem for que venha com o intuito de arrastar as suas ideias politicas ou convicções será melhor nunca entrar.Eu não confundo ideias politicas com as normais e necessárias reinvidicações laborais..pois está quase tudo mal…Isso mesmo: está tudo cada vez pior e estamos bem piores que antes do 25 de Abril de 1974.E mais não digo.Quem achar que está tudo bem….que não precisa ser mudada uma agulha..pode continuar na sua vidinha e se aposentar lá para os 70 anos e depois até pode ir pedir esmola para se conseguir manter em pé.Disse!

      Gostar

  3. coeh diz:

    Este blog é apenas um instrumento de apoio a uma ideia e um espaço de liberdade de expressão. A associação terá com uma página aberta exclusivamente para sócios, corpos sociais eleitos e estatutos. Começará com poucos associados mas com vontade de pela sua transparência, determinação e empenho, na defesa do nosso ciclo e pré, vá conquistando o apoio de todos. Nada está decidido, apenas em agosto terei novidades. Não especulem o que eu próprio ainda não sei.

    Gostar

  4. Fátima diz:

    A reforma aos 32 anos de serviço e ou 55 anos de idade….acho que já não é viável, uma vez que ,muitos professores do 1º ciclo e educadores, já trabalham há mais de 35 e têm mais de 60 anos de idade. Na minha opinião, se fosse aos 60 anos de idade para os professores do 1º ciclo e educadores seria mais fácil a reivindicação, dado que nunca tiveram redução de horário e foram igualmente penalizados como os restantes professores que usufruíram deste direito. Caso isso não aconteça, deveríamos reivindicar as horas que ao longo dos anos de atividade profissional exercemos relativamente aos demais professores e que não foram contadas nem como tempo de serviço, nem qualquer outra compensação.

    Liked by 1 person

  5. mondeguinho diz:

    Subscrevo inteiramente….até aceito um pouco mais. Até aceito os 35 anos de serviço.. (para quem esteve em monodocencia).e eu até já estou lá próximo. Mesmo assim estamos a ser roubados. geringonça com o apoio da Fenprof ( sou sindicalizado) e da FNe cuja direção só tem PS, continuam a vender a alma ao criador para terem alguns destacamentos. Esses que nunca deram aulas deviam reformar-se aos 67.

    Gostar

  6. Fátima:
    Pelas minha contas …os professores do 1º ciclo trabalham a mais que os outros 9(noveeeeeeeeeeeeeeeeeeee) longos anos….limpinhos….Significa que isto deve ser descontado ao tempo de reforma dos outros colegas…Não é só o tempo a mais: é a saúde que se perdeu e a vida de lazer ou de família que se perdeu…os professores do 1º ciclo chegam de trabalhar mais de 50 horas semanais..atendendo á Componente Não Letiva que ninguém vê…Só haverá justiça com estes professores irem, para a reforma aos 32 anos de serviço e ou 55 de idade sem penalização…Não me venham falar aos 60 anos….pois aceitar isso é o mesmo que nada….A todos os colegas que estejam ou venham a passar os 60 anos…deveriam ir na hora.-….isso mesmo…Deveriam partir imediatamente logo que possam.Infelizmente estão nesta situação por culpa prórpria…pois confiaram demasiadamente nos sindicatos….nunca fizeram greve.,..ou nunca levantaram um dedo…ou nunca quiseram saber(claro que h´+a excepções).Mas por favor….não me venham com essa história dos 60 anos para o 1º ciclo….Eu jamais aceitarei essa pouca vergonha…pois quando entrei para a carreira era um puto e vi partir muitos colegas aos 52 anos de idade e nunca chorei um tostão que me foi pedido para sustentar a reforma deles.Não é a meio do jogo que se alteram as regras…Se é para manter tudo igual…se é para dar argumentos ao Governo então mais vale estar calado ou quieto!!!!

    Gostar

    • Fátima diz:

      Era bom que continuássemos a ter a reforma como em outros tempos , mas os contextos atuais são diferentes: “Quem tudo quer tudo perde”. A minha opinião escrita era apenas um reflexão para uma possível negociação em que as minhas condições seriam o topo máximo.

      Gostar

      • Fátima:
        Já disse aqui que há muito a Fátima deveria ter ido embora..Aos 55…no máximo 57 anos…
        Mas a Fátima não pode…só porque foi prejudicada…por este e anteriores governos vir pedir o Inferno para os outros professores…
        Não não pode.,…nem deve….A Fátima por esta ou aquela razão é prejudicada sim…mas daí a vir sustentar ou pedir que todos os professores partam aos 40 ou 60 anos de idade …isso é pedir o Inferno…isso é dar razão a todos estes politicos que são bons para defender os seus tachos…Posso afirmar seja diante de quem quer que seja que os professores merecem respeito e que os do 1º ciclo(sobretudo estes) mas também as colegas do ensino infantil,trabalham em média mais 9 anos que os outros docentes.Não pode haver 2 pesos e duas medidas: professores que ao longo de 40 anos trabalham 3 dias e meio por semana(2º,3º,especial e bibliotecários9 e os pobres dos professores que entram na escola as 8,45-até 12.30 e 14.00 até 17.45.Isto é um crime…E isto 5 dias por semana…e isto 10 meses por ano…E isto cerca de 170 dias por ano…É só fazer as contas…Para lá da falta de condições físicas….mentais….um estado de saúde deplorável…há ainda o sacrificio de toda uma familia…e de lazer ao qual também, temos direitos…
        Por mim..eu já a tinha reformado há muito tempo….

        PS(Post Scriptum): A Fátima mesma assim trabalha muito pouco .,..pois parece que anda por aí uma pobre duma classe que se gaba de trabalhar ao longo da carreira mais 20 anos limpinhos do que qualquer Funcionário Público!!!!!
        (isto foi uma piada!!!!)(mas que eles se gabam …gabam!!!!!!)

        Gostar

  7. José diz:

    Dividir para reeinar…

    Gostar

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s