Alho politicamente incorreto

a-liberdade-de-escolha

A propósito da liberdade de escolha e dos apoios aos colégios privados. O assunto, como se esperava, dividiu opiniões. O novo governo informou que os contratos de associação só se justificam se servirem para suprir as insuficiências da rede pública. Entende o executivo de António Costa que aqueles apoios estatais não podem servir para financiar o negócio da educação privada.

Alguns comentadeiros do reino, com audiência dominical, vieram logo criticar tão cristalina posição, asseverando que este ministro da Educação está a violar «expectativas e direitos adquiridos dos colégios.» Parece assim que alguns, nestes tempos de profundos constrangimentos orçamentais, terão por razoável pagar duas escolas para a mesma população escolar…

Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s