Público | Para que a escola não seja uma “catedral do tédio” é preciso que os alunos contem.

Excelente a reportagem do jornal Público e da sua jornalista Clara Viana que fez algo que todos, TODOS devíamos fazer – ouvir os alunos. Desde o Ministro da Educação que tão bem fez  a sua volta a Portugal para ouvir diretores e professores como estes que tão bem falam entre si ignorando sistematicamente aqueles que para […]

Fonte: Público | Para que a escola não seja uma “catedral do tédio” é preciso que os alunos contem.

“Estou um pouco desanimada”, desabafa Daniela Guilherme a propósito da sua experiência escolar. “Não temos voz nas aulas e devíamos ter. É uma das formas de expressão mais importantes, mas nós só escrevemos. Existe muito pouco diálogo entre alunos e professores e a confiança é assim quase nula”.

Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s