Sebastianismo

Os portugueses e os professores do 1º ciclo, em particular preferem aceitar o que existe na realidade; mega agrupamentos, sindicatos, câmaras municipais, com os seus defeitos e virtudes, mesmo que se sintam prejudicados na sua vida pessoal por essas instituições.12985373_10205943312955116_4748859818448716078_n

Os mais novos pensam, com tempo a coisa melhora e portanto, mais vale não fazer ondas, não vá o mar engoli-los. Os mais velhos, como eu, apanhados na corrente que os leva até aos 66 anos em serviço, vão escrevendo umas coisas nas redes sociais, uns de cara destapada outros não, pouco mais fazem para além de umas petições.

Alguns saíram dos sindicatos zangados, outros ainda acham que ser sindicalizado é uma maneira segura de estar na profissão.

As transformações dos últimos dez anos no sistema Educativo, tornaram muito difícil alguma união entre professores e em especial, nos do 1º ciclo, que dependentes de gestões, geralmente dominadas por grupos do 2º,3º ciclos e secundário, se sentem na obrigação de fazer pela vida individualmente.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s