PROVAS DE AFERIÇÃO – CONTORCIONISMO QUE DESRESPEITA CRIANÇAS E FAMÍLIAS

A nota informativa hoje emitida pelo MEC a respeito das Provas de Aferição é um ato de contorcionismo político absolutamente deplorável, cheio de ratoeiras e de cedências a populismos execráveis.

Ao prever que, por decisão do Diretor, elas sejam (de novo) aplicadas ao 4.º e 6ºs anos, abriu-se a Caixa de Pandora para Diretores e Conselhos Pedagógicos (CP) mais propensos a fazer da demagogia uma arma de arremesso se imponham com absoluta insensibilidade. Até porque nas Direções e na esmagadora maioria dos CP predomina – como muito bem sabemos… – um vasto e contraproducente leque de preconceitos atávicos que, há muito, perseguem o 1.º Ciclo.
Não se brinca assim com as expectativas das crianças. Sofrem as crianças e as suas famílias.
Feio. Muito feio.

Post no  face “Quem se preocupa com o 1º ciclo?”

Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s