Monodocência

Estou plenamente convencido, que uma consulta pública aos professores do 1º ciclo, sobre a monodocência traria à superfície, a minha convicção pessoal, de que a maioria recusa o seu fim. A relação afetiva entre alunos e um único professor, proporciona um melhor relacionamento escolar nos primeiros anos de escolaridade e uma capacidade do professor coordenar […]

Fonte: Monodocência

as diversas disciplinas, numa perspetiva interdisciplinar. Atualmente na maioria das escolas, apenas em turmas do, 1º, 2º e 4º anos se mantem a monodocência, havendo alguns casos de pluridocência, com especial incidência nas disciplinas de Matemática, Português e Inglês.

Na maioria dos casos temos turmas com um professor em falsa coadjuvação, com a troca do professor titular da turma, (com um segundo titular) pelo que vem dar aula de Português ou Matemática. No caso do Inglês, em que o professor é substituído duas horas semanais, dá apoio a alunos de outra turma e no pior dos cenários, fica sem duas horas letivas, que depois compensa na Atividade Extra Curricular da tarde.

No próximo ano letivo, a experiência do Inglês lecionado por outro professor, alarga-se ao 4º ano, ficando a monodocência limitada ao 1º ano e 2º ano.

O 1º ciclo tem sido palco de todo o tipo de experiências e o cansaço começa a fazer mossa, nos excelentes profissionais, que lecionavam com entusiasmo sempre renovado.

A alteração do regime de aposentação, com a compensação absurda e facultativa, de dois anos sem componente letiva, que salvaguardava a especificidade da sua ação de monodocência, também começa a contribuir para a extrema fadiga, quer pela sua ação psicológica, aos que estão a meio da carreira, quer nos que pensavam estar no final e têm pela frente, mais seis ou sete anos de serviço.

Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

2 respostas a Monodocência

  1. marau56 diz:

    Concordo plenamente!

    Gostar

  2. LG diz:

    Licínio Grosso Toda a minha carreira profissional foi como professor do 1 Ciclo, e já lá vão quase 37 anos. De idade 60, quase 61. Pela experiência acumulada, entendo ser a monodocência melhor forma de lecionar neste ciclo. Nestas idades, a relação afetiva é extremamente importante para o sucesso dos alunos e, sem a monodocência, ela fica claramente prejudicada. Quanto aos sindicatos, já deixei de crer que tenham vontade de fazer algo pela monodocência e pelos professores que a exercem. A poucos meses de se aposentarem viram aumentado em mais 11 anos, o tempo de serviço para chegarem à aposentação. Foi, e continua a ser, uma violência. Digo com toda a franqueza: sinto-me violentado há cinco anos e tal, quase seis e vou continuar violentado até quando? Isso, verdadeiramente, ninguém sabe!

    Gostar

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s