EDITORIAL – Arqueologia da luta política

Fonte: EDITORIAL – Arqueologia da luta política

Nem a vitória de um candidato de esquerda nos teria salvo de muitos problemas que vamos enfrentar, nem a vitória de Rebelo de Sousa significa o fim ou o princípio seja do que for. Seria bom que todos compreendêssemos que estamos mergulhados num sistema que obriga seja quem for que esteja (supostamente) à frente dos destinos políticos de um país a tomar uma de duas vias: a da gestão da submissão ao império ou a da ruptura…
Anúncios
Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s