A minha primeira aula de filosofia

O aviador interior

O ar não se vê
não se sente não se ouve
mas quanto mais se sobe
mais não sei quê

E quando se sobe
sem sair do chão?
quando a cabeça se move
e o resto do corpo não?

A cabeça subindo
pelo lado de dentro
e o teu pensamento
tão limpo e tão lindo

Tão maravilhoso
como o dum matemático
tão rigoroso
como o dum mágico

Embora às vezes não pareça
embora te digam que não
tens um campo de aviação
dentro da tua cabeça.                   Poema de Manuel Pina

 

Quero que cada um de vocês escreva uma pergunta relacionada com o poema.

Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Uma resposta a A minha primeira aula de filosofia

  1. coeh diz:

    Reblogged this on primeiro ciclo and commented:

    Esta será a segunda!

    Gostar

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s