Opinião Helena Matos

http://observador.pt/opiniao/temos-pena/

Vão chorar a oportunidade perdida, a falta de coragem. E, claro, vão dizer que não houve estadistas à altura do problema. Falo obviamente da Segurança Social.

Tudo isto é sabido há anos e anos: o primeiro relatório sobre a (in)sustentabilidade da Segurança Social remonta à década de 80 do século passado quando Diogo de Lucena e António Borges fizeram um estudo sobre o assunto para o Governo então liderado por Cavaco Silva. Muito simbolicamente o estudo não teve qualquer tipo de divulgação pois os seus resultados eram assaz preocupantes. Quase trinta anos depois o problema cresceu, tornou-se provavelmente na questão mais grave do nosso tempo, mas nada mudou na forma infantil como os governantes nos tratam e na hipocrisia que estrutura o seu discurso.

comentário de Fernando Carrapiço no facebook – Os que estão agora a receber acima do que deviam estão contentes mas estão a roubar aqueles que agora mereciam a sua reforma de acordo com o que descontaram e vão ser penalizados aumentando o número de anos de trabalho relativamente ao acordo que fizeram com o estado (que julgavam ser pessoa se bem) acrescido de uma redução estupidamente elevada. Os responsáveis continuam impunes e assim vão sendo os nossos heróis.

Esta entrada foi publicada em primeirociclo. ligação permanente.

Deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s